Método de Trabalho

A LPI Engenharia possui uma metodologia própria para o desenvolvimento das atividades de engenharia, baseada no conceito da automatização de projetos industriais (BIM) e na metodologia de projeto 5D. Entendemos que, para que possamos nos manter competitivos e eficientes no mercado, é necessário estarmos sempre atualizados. Para isso criamos no ano de 2017 a Gerência de Inovação e Tecnologia em Projetos, setor responsável por estudar a aplicabilidade e viabilidade da utilização de novas ferramentas e desenvolver novos métodos de trabalho.

A metodologia de Projeto 5D é uma opção que oferecemos aos nossos clientes com o objetivo de concentrar todas as informações do projeto e do cronograma de avanço físico-financeiro da obra em um mesmo banco de dados, evitando assim a perda de informações e inconsistências. Este método já incorpora os benefícios do BIM (Building Information Modeling), se tornando agora uma eficiente metodologia para a assistência à construção e montagem industrial.

A LPI engenharia também entende a grande demanda por serviços de projetos industriais que ainda não façam uso destas metodologias de trabalho e por isso trabalhamos com total flexibilidade, oferecendo a melhor solução conforme a necessidade dos nossos clientes.

Projeto 2D

Método tradicional de execução de projetos sem a presença de banco de dados central para o armazenamento das informações. Ainda é o método mais utilizado pelas empresas de engenharia, sendo praticado por profissionais da LPI Engenharia a mais de 35 anos.


Projeto 3D

Método de trabalho que faz uso da tecnologia BIM (Building Information Modeling). Os trabalhos são desenvolvidos em ambiente 3D e armazenados em um banco de dados central onde, além da modelagem 3D dos componentes, é possível inserir todas as informações necessárias para a fabricação, construção e montagem. Este método de trabalho, quando bem executado, resulta em ganhos significativos em tempo, confiabilidade e em redução de custo do projeto, evitando problemas como: interferências de campo, dificuldades no controle de revisões, problemas de interface entre as disciplinas, atrasos na montagem e dificuldades com compra de materiais.


Projeto 4D

A metodologia de Projeto 4D permite, em adição ao evidenciado no projeto 3D, que seja inserido o cronograma da obra no banco de dados do projeto. Com isso é possível associar cronogramas de construção, montagem e fabricação ao modelo 3D. O Projeto 4D traz benefícios como: avaliar o avanço físico da obra em comparação ao planejado pela montadora, estudar sequências de montagem para uma maior fluidez do serviço e proporcionar aos gestores uma interface mais amigável e eficiente para a fiscalização do trabalho.


Projeto 5D

O Projeto 5D permite em adição ao acompanhamento do avanço físico, controlar o avanço financeiro da obra. O mesmo cronograma cadastrado no banco de dados para o Projeto 4D, possuindo as informações de recursos alocados, trará a possibilidade de acompanhar visualmente quanto de recursos deve estar disponível para as medições financeiras. O Projeto 5D traz ganhos como: controle do avanço físico-financeiro da obra, validação de valores apresentados nas medições, facilidades na prestação de contas, planejamento de desembolso financeiro, além de prever eventuais impactos financeiros para a obra em decorrência de alterações de campo.